Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Nelci Terezinha Seibel

nseibelterra.com.br

Nelci Terezinha Seibel (Volta ao Mundo)

Membro da Academia Joinvilense de Letras e

da Academia de Letras e Artes de São Francisco do Sul


Veja mais colunas de Nelci Terezinha Seibel

VOLTA AO MUNDO

Terça, 28 de setembro de 2021

Sociedade Alemã comemora aniversário

 

A Sociedade Cultural Alemã de Joinville comemora no dia 3 de outubro 22 anos de atividades, data que relembra a reunificação da Alemanha Ocidental e Oriental, depois de 38 anos de separação política. Tendo como objetivo a preservação da cultura germânica, trazida pelos imigrantes, a Entidade costuma aproveitar essa data para homenagear três personalidades ou  entidades –, que prestaram ou ainda prestam algum serviço para esse fim. Este ano, o evento será realizado na noite do dia 4 de outubro, no auditório do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville.

Clique para ampliar

Troféu Hilda Anna Krisch (capa do livro)

Os homenageados serão: CEJ – Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Joinville; Dolores Carolina Tomaselli e Nelci Seibel. Elas serão agraciadas com o troféu “Hilda Anna Krisch”, escultura executada pela artista plástica Marli Zwarowski, que de forma estilizada simboliza um abraço, um reencontro. Em 2015, quando havia 50 homenageados, a SCAJ publicou um livro em dois idiomas (português e alemão). Atualmente já soma 68, o número de agraciados com o troféu Hilda Anna Krisch.  

 

Festival de Dança 2021

 

 

O Festival de Dança de Joinville 2021 acontecerá de 5 a 16 de outubro  terá apresentações de 18 estados com coreografias na Mostra Competitiva, Meia Ponta e Palcos Abertos. Neste ano, a organização do evento recebeu mais de 2.500 inscrições de todos os estados brasileiros, além de Argentina e Paraguai. “Para nós foi uma grata surpresa receber tantas inscrições para esta edição e, ainda, de grupos que nunca haviam participado do evento. Teremos, sim, aquelas companhias tradicionais, que fazem parte do festival todos os anos, além de grupos novos e bailarinos independentes que conseguiram passar na seletiva”, destaca Ely Diniz, presidente do Instituto Festival de Dança. A Mostra Competitiva, de 7 a 14 de outubro terá 206 coreografias dos gêneros Balé Clássico de Repertório, Balé Neoclássico, Dança Contemporânea, Danças Populares Brasileiras, Danças Populares Internacionais, Danças Urbanas, Jazz e Sapateado.

Já o Meia Ponta, que ocorre de 13 a 15 de outubro teve 62 coreografias aprovadas. Os Palcos Abertos irão receber mais de 1.300 coreografias, em locais espalhados por Joinville e cidades vizinhas. A lista completa de selecionados pode ser acessada no site www.festivaldedanca.com.br.

 

 

Noite de abertura do Festival

 

A cultura amazonense será foco na noite de abertura com a coreografia TA – Sobre Ser Grande, apresentada pelo Corpo de Dança do Amazonas e dirigida pelo renomado Mário Nascimento. Vai ser um encontro emocionante. Joinville elevou a dança a um lugar novo, desde seu primeiro festival até 2019 e em 2021 protagoniza, no melhor sentido da palavra, um suspiro para artistas espalhados pelo mundo”, diz o diretor.



Clique para ampliar

Uma das cenas mágicas do Festival de Dança de Joinville

 

 

  Festa da Colônia em Gramado

 

 Descendentes de italianos, alemães e portugueses se unem para realizar a 30ª Festa da Colônia de Gramado, de 23 de setembro a 12 de outubro, Serra Gaúcha, celebrando origens e tradições.

 

Clique para ampliar

Fornos de barro especialmente erguidos para produzir pães e cucas coloniais de dar água na boca

 

Acontece no complexo do ExpoGramado, buscando ratificar os hábitos do interior de Gramado. Farta gastronomia com as cozinhas da Oma e da Nonna, fornos de barro, o autêntico café da colônia, os biers e a feira de produtos coloniais com suas agroindústrias são algumas das atrações.

A Festa tem suas soberanas, uma Corte formada pela Rainha Maxine Fassbinder da localidade do Quilombo Alto e pelas princesas Alessandra Carina Grauer da Linha Marcondes e Mariana Pereira da Linha Carahá.

A Festa da Colônia é uma promoção da Prefeitura de Gramado e realização da Autarquia Municipal Gramadotur, com patrocínio de várias entidades e empresas.

 

 

Entrelaçando culturas

 

Clique para ampliar

 

Comitiva brasileira na Nigéria para participar do OLOJO

 

Estreitar laços e promover o intercâmbio cultural entre Brasil e Nigéria tem sido o maior objetivo de Sua Majestade OOni de Ifé, Ojaja II, através de ações promovidas pela Casa Herança Oduduwa, instituto cultural fundado pelo rei. Um grupo de estudiosos da cultura iorubá está no país para participar dos festejos do OLOJO, tradicional festival que acontece na cidade de Ifé todos os anos no mês de setembro. Ciceroneados por Carolina Maíra Morais, adida cultural de Sua Majestade, e por Ajoyemi Osunleye, presidente do instituto cultural no Brasil, a comitiva reúne sacerdotes do candomblé, jornalistas, empreendedores de gastronomia e ativistas culturais envolvidos diretamente com questões relacionadas à ancestralidade. Segundo Carolina, a participação do grupo no festival é primordial para que os projetos da Casa Herança de Oduduwa se consolidem cada vez mais no Brasil e na Nigéria. "A presença do Brasil no Festival Olojo acontece desde 2017, para que o público conheça mais sobre este festival cultural que é único”. Olojo é o maior festival da cultura iorubá que ocorre anualmente na cidade de Ifé no Estado de Osun (Nigéria). O festival milenar é composto por 7 dias de atividades e tem seu ápice no último sábado do mês de setembro.

 



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2021 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA