Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Busquemos sempre converter o nosso coração


 

 

“Eu vos digo que não. Mas, se não vos converterdes, ireis morrer todos do mesmo modo” (Lucas 13,5).

 

A Palavra de Deus que estamos escutando neste sábado começa com uma narrativa em que algumas pessoas trazem notícias para Jesus a respeito dos galileus, que Pilatos tinha mandado matar, e ainda misturou o sangue dessas pessoas com os sacrifícios que Pilatos oferecia. Enfim, estão trazendo para Jesus a notícia de uma tragédia que essas pessoas estão sofrendo na vida.

Os antigos sempre achavam que as tragédias que aconteciam na vida de uma pessoa fossem castigos, ou seja, aquela pessoa tinha feito algo errado em algum momento da vida e, agora, estava pagando por isso. É claro que, também nos dias de hoje, há quem viva dessas crendices, achando que Deus castiga aquele que esteja sofrendo de algum mal. “Quem está sofrendo algum mal é porque está passando por algum castigo de Deus”.

Por favor, não cometamos esse delírio mental nem esse delito espiritual. Isso não é verdade, Deus não está castigando ninguém. Poderíamos dar muitas explicações para as desgraças que acontecem na vida humana, mas podemos ter certeza que nenhuma delas vem do amor infinito de Deus.

Não há desastre maior do que não se converter e não ter o coração em Deus

Deus não quer que nenhum dos Seus filhos sofram qualquer tragédia. Não fique pensando que quando houve um acidente de carro e morreu aquela pessoa, foi porque Deus quis que ela morresse. Alguns até dizem: “Morreu porque chegou a hora”, e essa mentalidade, que não é cristã e nem divina, muitas vezes, se espalha e vivemos aquele conformismo com tudo, isso quando não culpamos a Deus por tudo.

Acham que tudo de mau que acontece é porque foi merecimento, é porque Deus sabe o que faz. Nascem umas afirmações tão esdrúxulas a respeito da própria natureza de Deus. Jesus está dizendo: “De forma alguma, esses homens não cometerem mal algum. Não cometeram nada mais do que os outros”. Apenas que: se não nos convertemos, poderemos ter uma morte tão trágica ou mais trágica do que aquela.

É claro que, tragédias acontecem porque, muitas vezes, as pessoas provocam, às vezes provocam para si e para os outros. Mas a tragédia maior que pode acontecer na vida de uma pessoa é ela não se converter, é ela não se voltar para Deus.

Por exemplo, a doutora Zilda Arns passou a vida inteira cuidando dos outros, a morte dela foi trágica. Ela estava numa igreja durante um terremoto no Haiti. Ela não morreu em desgraça, ainda que tenha sido trágico aquele acidente. Ela morreu na graça, fazendo aquilo que ela fez a vida toda: cuidando dos pobres e necessitados; estavam implantando a Pastoral da Criança no Haiti, levando esperança às famílias.

No mesmo lugar de um terremoto, alguém pode morrer em graça e outra pessoa em desgraça porque não está em Deus e não se converteu.

Aprenda, primeiro: castigo não vem de Deus, mas se os desastres acontecem em nossa volta, não há desastre maior do que não se converter e não ter o coração em Deus, não importa o que acontecer.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

 

Sacerdote da Comunidade Canção Nova



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA