Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Promovamos o amor e a união conjugal

Sexta, 14 de agosto de 2020

 

“‘Por isso, o homem deixará pai e mãe, e se unirá à sua mulher, e os dois serão uma só carne?’ De modo que eles já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, o homem não separe” (Mateus 19,5-6).

 

Esses dias, alguém me disse que o casamento está em crise, que a união do homem e da mulher está em crise. Não acredito que o casamento esteja em crise, mas acredito que o amor entra em crise.

A crise do amor é um sinal de rever as coisas do jeito que estão, porque o amor é a dimensão mais profunda da dimensão humana. Ninguém vive sem amar, mas existe um amor que une o homem à mulher. Que beleza é esse amor! Por favor, não pare aqui no negativo! Primeiro, contemple o que é autêntico e positivo, contemple aquilo que é o sonho de Deus, o desígnio e alento de Deus, do qual Ele nunca desistiu.

Deus formou a família humana pela união do homem com a mulher. Dessa união maravilhosa, onde duas pessoas se tornam uma só carne, não perdem a identidade individual, o homem é o homem, a mulher é a mulher, cada um com seu ser e agir.

Essa união com Deus misteriosa – quando digo “união misteriosa” não é de mistério, de uma coisa incompreensível, mas é de uma coisa muito profunda e bela. É divino esse encontro de almas no casamento, é muito sagrado! Como precisamos trabalhar cada vez mais a nossa espiritualidade conjugal, precisamos cada vez mais fortalecer o nosso casamento.

Trabalhemos para que a graça de Deus promova o amor e a união conjugal

Sei que alguns querem exaltar os problemas, aquilo que não deu certo, mas aquilo que não deu certo, muitas vezes, foi porque não se valorizou o que era certo, não cuidou do que era correto. Sei que por “n” motivos há casamentos que nem deveriam ter existido ou não têm condição de seguir adiante. É preciso cuidar de cada caso como cada caso, mas não transformar os casos que não deram certo em regras para a vida.

A regra é essa: “O que Deus uniu, o homem não separe”. Por isso, não promovamos o divórcio, a separação de casais, não promovamos que um esteja contra o outro. Promovamos o amor e a união.

Luto por um casal até as últimas consequências. Nunca a separação é a primeira solução, nunca as coisas que não estão dando certo são o motivo da separação.  Sou testemunha, porque já trabalhei para unir tantos casais que estavam se separando por coisas pequenas, mas a cabeça estava tão atormentada, que aquilo se tornou grande demais e até impossível. Mas, com a graça de Deus, com a maturidade humana que vamos colocando em um e outro, com a força do diálogo e do amor, tudo é possível rever, recomeçar e refazer.

Existe a turma do “Separa que é melhor”, “Não deu certo para mim, também não vai dar certo para o outro”. Não caminhemos sobre essa via. É óbvio que se há situações onde não há mais jeito, vamos trabalhar para ajudar. Se é preciso recomeçar, que se recomece, mas ninguém pode recomeçar sem primeiro tentar o que quis.

Trabalhemos para que a graça de Deus promova o amor e a união conjugal.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

 

Sacerdote da Comunidade Canção Nova



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA