Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Aulas online inovam na Escola de Música Donaldo Ritzmann

Quinta, 13 de agosto de 2020

Desde o dia 19 de março deste ano quando as aulas foram suspensas por decreto devido a pandemia do novo coronavírus, algumas atividades tradicionais em nosso município necessitaram modernizar-se para acompanhar as mudanças impostas em meio à pandemia.

 

Uma das maiores mudanças registradas ocorreu na Escola de Música Donaldo Ritzmann, fundada em 31 de março de 1954, e vinculada à Fundação Cultural de São Bento do Sul, a tradicional escola de música que é coordenada pela professora e coordenadora Maria Luisa Noriller Tascheck, e que está sob a responsabilidade do diretor presidente da Fundação Cultural Marcio Brosowsky, passou a realizar pela primeira vez ao longo de seus 66 anos de história aulas online com seus aproximadamente 500 alunos, sendo cerca de 400 destes alunos nas aulas de aprendizado de algum instrumento musical.

 

Conforme explicou a professora e coordenadora Maria Luisa, após a suspensão das aulas em 19 de março, foram duas semanas sem atividades até que foi estabelecida a modalidade de ensino à distância através de vídeo chamadas nas mais variadas plataformas, atendendo o que fosse mais acessível aos alunos, pais e professores.

 

Maria Luisa disse que o início foi difícil, pois trabalhar um tema tão sensível como música através de vídeo chamadas não é tarefa simples. "Ao ensinarmos a música um fator primordial é justamente o contato com o aluno, o estar frente a frente. Nas aulas nós ensinamos o aluno, demonstramos a execução nos instrumentos, e já verificamos como o aluno repete e executa o aprendizado tocando juntos muitas vezes. Nas aulas online há diversas dificuldades, como o delay do som por exemplo, aspecto que não nos permite tocar simultaneamente com o aluno, além da qualidade do som, que não é a mesma quando se está na sala de aula. Foi um desafio, mas todos os professores e alunos se adaptaram a esta mudança", comentou a coordenadora da escola de música.

 

Outra dificuldade inicial encontrada foi a resistência por parte de muitos alunos.

"Inicialmente os alunos nos enviavam somente áudios e as vezes vídeos, porém, sem aparecerem. Foi difícil no início, mas todos assimilaram estas mudanças e vem participando da melhor forma possível", disse Maria Luisa.

 

As aulas através de vídeo chamadas são realizadas tentando seguir o horário das aulas na escola, e nos casos em que esta situação não é possível, as aulas ocorrem em horários especiais, até mesmo nos finais de semana.

 

"Tentamos seguir a agenda da escola, mas ocorrem situações por exemplo que o aluno utiliza o celular do pai ou da mãe para a aula, e como estes trabalham fora, o único horário possível é a noite ou finais de semana. Diante desta situação a equipe flexibilizou alguns horários para que todos os alunos pudessem ser atendidos sem prejuízos para as aulas", explicou Maria Luisa.

 

Nos casos em que os alunos não tem condições realmente de estudar com as vídeo chamadas, as atividades e aulas são enviadas através de vídeos, que são respondidos da mesma forma posteriormente.

 

 

Aulas presenciais

A Escola de Música Donaldo Ritzmann possui grande acervo de instrumentos musicais, que são emprestados aos alunos para que possam estudar em casa.

 

Nos casos em que instrumentos não podem ser emprestados, como pianos, bateria, baixo ou violoncelo, Maria Luisa explicou que a escola preparou salas especiais para estas aulas, onde o espaço foi dividido em dois ambientes com a utilização de uma cortina plástica, que forma uma barreira evitando o contato entre professor e aluno.

 

Desta forma, tomando todos os cuidados necessários, algumas aulas para alunos  acima de 14 anos (conforme portaria) podem ser realizadas e os alunos podem prosseguir com seus estudos.

 

Marcio Brosowsky comentou que pensou nesta cortina plástica como uma forma simples mas eficaz para proteger alunos e professores e ainda proporcionar que algumas aulas pudessem ser realizadas no ambiente da escola.

 

 

As marcas da mudança

Sobre estas mudanças causadas pela pandemia, comentou Maria Luisa, o sentimento é que algumas vieram para ficar.

 

Conforme explicou, "estamos em um momento onde todos sentem a falta da convivência social, a falta de estarem juntos, vivendo em conjunto. Temos certeza de que passada esta pandemia haverá uma maior valorização por este sentimento de estar junto. Percebemos nas vídeo aulas que os alunos estão ansiosos por retornarem à escola, estarem juntos dos professores e colegas de turma. Há uma carência neste momento", disse Maria Luisa.

 

Outra marca que permanecerá após a pandemia é justamente aliada à tecnologia.

As aulas presenciais e tradicionais na Escola de Música Donaldo Ritzmann não serão substituídas pelas aulas online, mas atividades nestas plataformas digitais poderão ser utilizadas para somar e proporcionar ainda mais qualidade no aprendizado dos alunos.

 



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA