Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Meio Ambiente trabalha na conscientização da população para evitar o descarte de lixo em áreas verde


Clique para ampliar

A equipe de roçada e limpeza da Secretaria de Obras vem atuando em diversas áreas do município onde a população vem jogando lixo e diversos outros itens de forma irregular em terrenos baldios e áreas verdes. Nestas ações o Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura vem atuando como forma de apoio realizando um trabalho de conscientização junto a população.

Ricardo Gonzalez Frontana, chefe de divisão de Meio Ambiente, tem percorrido algumas residências localizadas na área onde a limpeza tem sido realizada.

 

Conforme Ricardo, "a recepção tem sido muito boa e a população agradece pelo empenho e dedicação de todos os envolvidos".

 

Nesta ação estão sendo distribuídos panfletos os quais informam sobre o destino e a separação correta dos resíduos.

 

Segundo Ricardo "não há motivos para realizar esse tipo de descarte nas áreas verdes pois temos o serviço de coleta seletiva e convencional, os quais foram ampliados no município. Fora os ecopontos e o LEV (Local de Entrega Voluntária) do Samae localizado na rua Ladislau Jelinski, bairro Brasília", disse.

 

Ricardo comentou que tem conversado com alguns suspeitos o qual estavam jogando lixo nesses áreas. "Estes foram alertados de forma educacional. Segundo algumas famílias que foram contatadas, estas mesmas denunciaram que alguns moradores não colaboram e jogam todo o tipo de lixo nessas áreas. Segundo o depoimento de um morador, a própria população teria que colaborar já que a Secretaria de Obras e o Departamento de Meio Ambiente estão se empenhando nesse trabalho", disse.

 

Segundo Ricardo, o lixo descartado incorretamente ocasiona mal cheiro, atraindo animais e insetos como ratos, cobras, aranhas, moscas, etc.

 

Acompanhando uma dessas limpezas junto com o chefe de divisão da limpeza pública, Valdemar Arnold, foram retirados do local um sofá, lixo doméstico, grande quantidade de fraldas e até um cachorro em estado de decomposição que estava dentro de um saco plástico. "É lamentável e triste ver essa situação", disse Ricardo.

 

"Pedimos a colaboração de todos e as denúncias poderão ser realizadas através da Ouvidoria Municipal pelo telefone 3631-6004 ou diretamente para o Departamento de Meio Ambiente pelo telefone 3635-4234 aos meus cuidados. Estarei a disposição para receber as fotos e vídeos das pessoas que estão desrespeitando as áreas verdes", finalizou Ricardo.

 



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA