Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Recuperação emergencial começa por blocos da Ponte Colombo Salles

Terça, 02 de junho de 2020

Clique para ampliar

A obra de recuperação emergencial dos blocos estruturais das pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Machado Salles, em Florianópolis, começou nesta segunda-feira, 1º de junho, com a montagem dos andaimes sobre a balsa para possibilitar a execução dos serviços.

As intervenções serão realizadas em seis blocos, três em cada ponte (ver figura), iniciando pela Colombo Salles. A previsão é que até o fim de junho os serviços comecem a ser realizados simultaneamente nos três blocos. O prazo de execução é de três meses para cada estrutura.

Na Pedro Ivo, as intervenções estão previstas para começar em agosto, setembro e outubro, com prazo de execução de dois meses para cada bloco.

De acordo com o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE), Thiago Vieira,  não há previsão de interdição das estruturas para execução dos trabalhos. “Essa é mais uma importante etapa na recuperação estrutural das pontes e foi feito um planejamento para gerar o menor impacto possível no trânsito e na mobilidade na entrada e saída à Ilha de Santa Catarina”, explicou.  

O tratamento emergencial dos blocos será realizado com a técnica de reforço com barras dywidag - protensão com barras de aço especiais. Com as novas barras, a capacidade resistente de cada bloco será aumentada e as cargas atuantes nas pontes serão transmitidas às estacas de fundação.

O prazo para conclusão da obra é  de 180 dias. 

Nesta tarde, a SIE apresentou o cronograma da obra, por meio de webconferência, ao prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, além de outros representantes da Prefeitura, da Polícia Militar, dos Bombeiros e da Defesa Civil.

Manutenção das pontes Pedro Ivo e Colombo Salles

Iniciada em fevereiro de 2019, a obra de manutenção das pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Machado Salles está com 34% dos serviços executados. O projeto de manutenção foi licitado em 2016, e teve como base um estudo realizado em 2015, que não apontou problemas na parte estrutural dos seis blocos que precisam ser recuperados emergencialmente.

Dentro da obra de manutenção estão sendo realizados trabalhos de recuperação estrutural dos pilares e vigas em pontos localizados, hidrojateamento, pinturas metálica e impermeabilizante, montagem e desmontagem de andaimes. A passarela de pedestres da ponte Pedro Ivo está interditada desde o dia 4 de maio para dar continuidade aos serviços de manutenção da ponte e permanecerá fechada até a conclusão da obra. Como alternativa, pedestres e ciclistas deverão utilizar as passarelas da Ponte Hercílio Luz. O prazo contratual para conclusão da obra de manutenção é fevereiro de 2021.



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA