Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Estejamos dispostos a lavar os pés uns dos outros

Quinta, 09 de abril de 2020

 

“Jesus levantou-se da mesa, tirou o manto, pegou uma toalha e amarrou-a na cintura. Derramou água numa bacia e começou a lavar os pés dos discípulos, enxugando-os com a toalha com que estava cingido” (João 13,3-5).

 

Nesta quinta-feira da Semana Santa, entramos com mais profundidade no mistério da Páscoa de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. O Tríduo Pascal é a celebração do mistério central da vida de Jesus e dos mistérios da nossa fé.

Jesus começa a celebrar a Sua Páscoa lavando os pés dos Seus discípulos, lavando-os como fez durante toda a Sua vida: amou, cuidou, entregou-se e deu a vida pelos seres humanos. Por isso, na Sua consumação final, Ele não estava fazendo teatro, mas estava celebrando a vida, e a vida d’Ele foi cuidar dos Seus.  

Ele não veio para ser Senhor como os senhores deste mundo, mas se tornou servidor de toda a humanidade. Ele não veio apenas para morrer na cruz, na cruz Ele veio dar a vida, e para dar a vida em todos os Seus gestos e Suas atitudes.

Hoje, precisamos olhar para a atitude e para o gesto de Jesus para nos convertermos. Precisamos, primeiro, despirmo-nos de toda a carapuça que carregamos do orgulho, da soberba, da vaidade, do egoísmo e do individualismo. Despirmo-nos disso, para nos revestirmos da humildade de Jesus.

O amor provém da humildade, e a humildade promove o amor de Deus em nós. As pessoas que têm humildade no coração não se elevam, mas se rebaixam para cuidar do outro, descem ao nível do outro e cuidam dele.

O amor autêntico é aquele que se doa, que faz e cuida. Precisamos começar, em nossas casas, a lavar mais os pés uns dos outros. Gostamos muito de lavar roupas sujas, que são aquelas conversas, discussões e coisas mal resolvidas.

Quando estamos dispostos a lavar os pés uns dos outros, estamos lavando o nosso próprio coração

Quando temos verdadeiros gestos de amor e humildade, lavamos a alma e o coração, tiramos todo o orgulho e prepotência que há em nós. Precisamos lavar os pés uns dos outros na Igreja, na comunidade e na sociedade.

Precisamos, de uma vez por todas, despirmo-nos daquelas atitudes acusatórias que temos. Precisamos deixar de lado as guerras que criamos, os combates que travamos, as atitudes que temos de nos colocarmos acima dos outros, para seguirmos o exemplo do Mestre Jesus no silêncio, na humildade e no mais profundo amor.

Jesus não escolheu quem amar, amou a todos. Dos pés de Judas aos pés de Pedro e de todos… os meus pés, os seus pés, Jesus não escolheu de quem lavar os pés. Ele veio para servir e amar a todos.

Amemos até as pessoas com quem temos dificuldades de nos relacionar, a quem não queremos bem. Se queremos seguir Jesus, saiamos das alturas, desçamos ao nível, porque a Páscoa do Senhor começa no chão. Quando estamos dispostos a lavar os pés uns dos outros, estamos lavando o nosso próprio coração.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

 

Sacerdote da Comunidade Canção Nova,



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA