Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3633-1230       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Os frutos da Palavra de Deus em nó

Quarta, 29 de janeiro de 2020

  1. “Aqueles que recebem a semente em terreno bom são os que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto; um dá trinta, outro sessenta e outro cem por um”. (Mc 4,20)

 

  1.  

 

A bela parábola da semente, ela precisa ser ouvida com toda atenção do nosso coração, porque ela na verdade descreve para nós como é a nossa relação com Deus a partir da sua Palavra.

Deus se relaciona conosco, fala conosco, dirige a nossa vida por meio da sua Palavra. Porque Deus, o grande semeador, envia seu Filho Jesus que é a própria Palavra, Ele semeia e ao mesmo tempo é a Palavra.

Jesus está pregando a Palavra, e Ele está anunciando Ele mesmo e nós o recebemos. E ao mesmo tempo que nós recebemos, nós precisamos olhar como é que o nosso coração acolhe a Palavra de Deus. Como a terra precisa ser um bom terreno para receber bem a semente para que a semente cresça, produza frutos, e não importa, porque tem terreno que dá trinta, tem terreno que dá sessenta, tem terreno que a semente vinga de uma forma esplendorosa, mas aqui não importa a quantidade mas a qualidade, a intensidade do acolhimento que nós damos a Palavra de Deus.

Por favor não sejamos como esse terreno pedregoso, que está a beira do caminho, que ate escuta a Palavra mas nós somos pessoas distraídas, pessoas que simplesmente deixa a cabeça voando, nós estamos muito cheios dos nossos devaneios, e a Palavra simplesmente cai no esquecimento, facilmente é roubada.

Cultivemos para que a Palavra cresça e produza muitos frutos no coração e na vida

Como as distrações do mundo, como as distrações da nossa cabeça, como as nossas confusões mentais e sentimentais roubam a Palavra de Deus do nosso coração. Nós vamos a missa, nós meditamos a liturgia diária, mas o coração permanece na mesma, porque nós não combatemos as distrações que nos roubam da presença do Senhor.

Nós não podemos deixar que o nosso coração seja como esse terreno que não tem raiz. Sim, por que a Palavra até cai, caí em nós, mas a gente é muito superficial, a gente fica só na superfície. Você sabe né, qualquer água que vem, qualquer vento, qualquer coisa que vem leva aquilo que é superficial leva, derruba, não tem profundidade, a gente passa por temeridade, a gente passa por contrariedades, e a primeira contrariedade, a primeira inquietação já causa perturbação na mente e no coração e rouba a força da Palavra de Deus em nós.

Nós não podemos deixar que os espinhos sufocantes da vida, das paixões, dos prazeres, as preocupações materiais, consumistas roubem a força da Palavra de Deus em nós. Não, porque se nós nos deixarmos nos guiar pelas preocupações do mundo, pela ilusão das riquezas, e por aqueles desejos mundanos, que muitas vezes tomam conta da nossa cabeça, e a gente fica ali movido por esses desejos, por essas paixões a Palavra é sufocada mesmo, e a gente não vê os frutos da Palavra de Deus em nós.

Por isso permitamos que a Palavra caia mesmo dentro de nós, a recebamos com o coração aberto, mas cuidemos, cultivemos para que a Palavra cresça e produza muitos frutos no coração e na vida.

Deus abençoe você

 

 

Padre Roger Araújo



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3633-1230
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA