Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3633-1230       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Para Deus, o que importa é sermos obedientes a Ele

Segunda, 20 de janeiro de 2020

 

“Mas Samuel replicou: ‘O Senhor quer holocaustos e sacrifícios, ou quer a obediência à sua palavra? A obediência vale mais que o sacrifício, a docilidade mais que oferecer gordura de carneiros’.” (ISm 15,22)

 

 

 

A primeira leitura da liturgia de hoje, do primeiro livro de Samuel, é muito importante, porque Saul caiu em desgraça, pois não foi fiel a Deus.

Por que Saul não é mais um rei fiel a Deus? Porque ele deixou de ouvir a voz do Senhor para ouvir a sua própria voz, a voz do seu egoismo, da sua soberba, e não se deixou se guiar por Deus. E por mais que ele tente disfarçar, oferecendo holocaustos, sacrifícios, para Deus o que importa não são os holocaustos, não são os sacrifícios, mas sim sermos obedientes a Ele.

O que mais nos vale são os sacrifícios que oferecemos ao Senhor ou sermos obedientes à Sua Palavra? Não resta dúvida nenhuma, meu irmão, de que nós, muitas vezes, perdemos a nossa comunhão com Deus, porque vivemos uma religião de sacríficos, e não uma religião de obediência a Ele.

A palavra “obediência” vem do latim obaudire, que significa ter ouvidos que escutam Deus, ter ouvidos que se deixam guiar por Ele.

O que importa não são os nossos holocaustos e sacrifícios; para Deus, o que importa é sermos obedientes a Ele

Um filho obedece ao pai não simplesmente escutando-o falar. Não! Ele obedece quando escuta e coloca em prática, ou porque seu pai ou sua mãe lhe pede, mas é preciso ter ouvido para escutar.

Não, nós não podemos cair em desgraça por não ouvir a voz do Senhor, por não obedecer ao Senhor que nos dirige, que nos conduz. Porque a rebelião ao verdadeiro pecado, o espírito rebelde, é aquele espírito que afugenta Deus e quer seguir os seus impulsos da carne, do egoismo, os impulsos dos próprios desejos, os impulsos da ira, da raiva, do medo; e vai nos tornando pessoas rebeldes, de modo que, assim como Saul rejeitou a Palavra do Senhor, ele mesmo se fez rejeitado por Deus.

Não, Deus não rejeita ninguém, mas nós nos colocamos na situação de rejeitados quando colocamos a Palavra d’Ele de lado e não Lhe damos ouvidos, quando não O deixamos guiar nem conduzir nossos passos.

Que nós sejamos, realmente, curados de todo espírito de rebeldia. Que Deus nos dê o espírito da docilidade e da obediência a Sua Palavra.

Deus abençoe você!

 

 

 

Padre Roger Araújo



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3633-1230
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA