Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Padre Antônio Taliari

padretaliarigmail.com

Padre Antônio Taliari

Jornalista (DRT 3847/SC)

Missionário em Rondônia, estudando em Curitiba/PR


Veja mais colunas de Padre Antônio Taliari

Dom 14 de janeiro de 2018 - 2º Domingo do Tempo Comum

Domingo, 14 de janeiro de 2018

  Clique para ampliar
 

MENSAGEM DO EVANGELHO

          Neste, 2º Domingo do Tempo Comum, o Evangelho de João 1,35-42, num pequeno espaço, a palavra “dizer” aparecem quatro vezes; “ver” e “fixar”, doze vezes; “seguir” e “vir a Jesus”, nove vezes; “encontrar”, quatro vezes; “ficar”, três vezes, e “procurar”, uma vez. Para que esse levantamento? Para percebermos o movimento interior da pessoa a caminho, que se dispõe a chegar à pátria do seu desejo. No começo de tudo, está João Batista, que não é a Palavra, mas só a voz a serviço da Palavra. O testemunho da luz é uma cadeia ininterrupta que, passando pelos profetas e sábios antigos, chega a reconhecer, com João Batista, a glória da Palavra que se fez carne. João Batista é o elo entre as antigas e as novas testemunhas, entre os que intuíram e predisseram e os que viram, ouviram e tocaram. Ele vê realizada a profecia feita a Israel. Quem ouve o seu testemunho põe-se em condição de encontrar-se com o Filho e de testemunhá-lo a outros. O testemunho se difunde como um contágio, como fogo que se apaga: os pontos são muitos, mas o foco inicial é um só. O testemunho de João Batista toca André, André conduz Simão a Jesus, vem depois Filipe, que leva o incrédulo Natanael a “vir e ver” Jesus.

Quem o descobriu primeiro leva outro ao Seu encontro e acaba testemunhando uma nova revelação que o outro não tinha captado ainda. Dois seguidores de João Batista acolhem o seu testemunho sobre Jesus e O seguem. “Seguir” significa ‘ir atrás’, ‘fazer o mesmo caminho’. “Seguir a Jesus” é bem a síntese da experiência cristã! Seguindo Jesus, encontram o que procuram e ficam com ele, que, desde sempre, vive junto do Pai. Jesus vira-se para eles, e para nós, e pergunta: “O que estão procurando?”. Esta é a pergunta que cada um de nós deve pôr-se: “O que é que realmente procuro no meu trabalho, nas minhas relações, na minha vida?”. “Em que estou apostando a minha vida?”. Os dois discípulos missionários e nós, respondemos com outra pergunta: “Mestre, onde você mora?”. O humano procura onde a Palavra, luz da sua vida, mora. A “casa” é o conjunto das relações e afetos que tornam humana a vida. Fora dela, somos estranhos aos outros e a nós.

A resposta de Jesus é um convite a aprofundar o seguimento: “Venham e vejam”! “Venham” significa aderir a Jesus, fazendo o seu caminho, que leva ao Pai e aos irmãos. “Vejam” é a ação de quem nasce para uma nova condição de vida, coma a criança que vem à luz. “Vir” é uma atitude do humano todo; “ver” é a porta do coração: faz entrar o que está fora e sai o que está dentro. “Venham e vejam” é o convite que o Evangelho faz ao leitor, a mim, a você, a nós. Convite que a Palavra faz a cada um que a procura. “E começaram a viver com ele”. Viver junto é ter a mesma casa. É um ser casa para o outro. Assim como Jesus está no Pai, nós estamos em Jesus e Jesus, em nós. Viver juntos é participar do amor que intercorre entre o Pai e o Filho, tornando-nos filhos. 

Seja fiel, ofereça o Dízimo!  



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA