Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3633-1230       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Luciana Albino


Arquiteta & Urbanista

CREA/SC 105541-3


Veja mais colunas de Luciana Albino

Decoração funcional

Quarta, 09 de setembro de 2015

Segundo o dicionário, o adjetivo “funcional” significa: “em cuja execução ou fabricação se procura atender, antes de tudo, à função, ao fim prático”. Temos também a definição há muito entendida pelos estudantes de design, que em uma das melhores e mais simples definições de Design Funcional dizem que é “a característica de aliar beleza e praticidade”. Trazendo estes conceitos ao mundo da decoração, veremos que muitas vezes isso está atrelado ao aproveitamento prático e inteligente de pequenos espaços.

Mas decorar um ambiente com pouco espaço não é uma tarefa fácil e, essencialmente, é necessário lançar mão de muita criatividade para que a própria decoração faça as vezes de mobiliário ou utilitário. E isto é o que podemos chamar de “Decoração Funcional”, quando os próprios elementos decorativos fazem o papel de móveis ou outros objetos com utilidade ao usuário. Dessa forma, aproveita-se o máximo de espaço com o máximo de função.

Atualmente, é cada vez mais comum encontrarmos apartamentos com espaço reduzido, cozinhas que comportam lavanderias e quartos que mal cabem roupeiros. E como acomodar toda a bagagem dos moradores destes espaços sem perder de vista uma decoração charmosa e aconchegante? Um dos principais segredos é o uso de móveis planejados. Este tipo de produto permite o aproveitamento de cada cantinho – do piso ao teto – de acordo com a necessidade de cada usuário, pois o móvel é pensado e executado para cada indivíduo de acordo com suas escolhas e necessidades.

 

Clique para ampliar
 

As paredes são áreas que podem ser aproveitadas para harmonizar a decoração, trazendo móveis e objetos utilitários (como adegas, prateleiras, etc.) para cobri-las. Libera-se espaço no chão e aproveita-se para trazer um charme a uma parede muitas vezes sem graça. Móveis de estilo “dois-em-um” também são muito bem vindos. Como mesas que viram bancos, bancos que viram baús, e mesas de centro com compartimentos escondidos – trazem sempre uma graça ao ambiente e ainda conferem uma utilização além daquela esperada. 

Outras dicas interessantes são a utilização de cores claras, que ajudam a ampliar o ambiente, trazendo a sensação de leveza; e a utilização de espelhos, que fazem a mesma função. A iluminação de ambientes, quando bem planejada, torna os ambientes aconchegantes e criam espaços e cenas especiais.

Cabeceiras de cama que são utilizadas como roupeiros; sofás retráteis que viram cama; camas box com espaço para a guarda de roupas, são alguns itens que a própria indústria já nos oferece a preços convidativos. Mas trabalhando individualmente, é possível ir ainda além, e transformar até os degraus de uma escada em gavetas porta-objetos, por exemplo. Ou utilizar o espaço sob esta escada para montar um pequeno home-office. No caso da decoração funcional, a imaginação é o limite! Quanto mais conseguirmos tornar os móveis e ambientes multiuso, mais funcional será nossa decoração, na busca pelo aproveitamento máximo de espaço e perda zero de qualquer cantinho! 



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3633-1230
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA