Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3633-1230       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Luciana Albino


Arquiteta & Urbanista

CREA/SC 105541-3


Veja mais colunas de Luciana Albino

O início de um novo tempo (02) - Fitas de LED

Terça, 11 de agosto de 2015

No artigo passado vimos o salto que as lâmpadas de LED deram nos últimos anos, apresentando modelos para praticamente todas as necessidades, sempre com a principal característica de baixo consumo de energia. Mas a tecnologia LED não estaciona apenas nas lâmpadas, muito pelo contrário! Cada vez mais, as fitas e painéis de LED tem tomado conta dos ambientes e substituído muitas lâmpadas.

Há apenas poucos anos atrás, as fitas de LED chegaram ao mercado para substituir as antigas mangueiras decorativas na iluminação, as quais usavam pequenas lâmpadas do tipo pisca-pisca ou gás xenônio e eram utilizadas predominantemente na iluminação de sancas de gesso. Inicialmente caras, as fitas de LED foram mostrando seu valor ao se aliar à criatividade dos usuários e começaram a ser vistas, além das sancas, dentro de armários, gavetas e closets, para facilitar a visualização das peças; por debaixo de prateleiras, bancadas e armários, nas cozinhas e lavanderias, destacando o mobiliário e facilitando o trabalho manual; nos cortineiros, valorizando e destacando as cortinas; por detrás das cabeceiras das camas, destacando-as das paredes do fundo e valorizando este espaço; atrás de espelhos e painéis, também destacando-os e valorizando o espaço; na iluminação e decoração de escadas, trazendo inclusive segurança; embaixo de decks de madeira, trazendo a impressão de que o piso está “flutuando”; e demais usos que apenas a criatividade é capaz de dar.

As fitas de LED proporcionam um toque de charme e sofisticação na composição e iluminação de ambientes modernos. Flexíveis, práticas, e muito versáteis, a luz vinda destas fitas é muito agradável, pois é indireta e não se vê a fonte, não ofuscando a visão. Além disso, proporcionam resultados homogêneos sem zonas escuras, uma vez que são vendidas em metro e cobrem toda a superfície a ser iluminada. Ainda, os LEDs não emitem radiação ultravioleta nem infravermelha, ou seja, não desbotam tecidos ou queimam a pele.

 

Clique para ampliar
 

Sua instalação é facilitada, pois possuem uma camada adesiva, bastando destacar a fita protetora e colar no local indicado. As fitas exigem um ponto de energia para serem ligadas e, tanto podem ser conectadas em tomadas através de plugues, ou, se houver uma preparação prévia da parte elétrica, é possível integrá-las aos interruptores dos ambientes.  O corte e emenda das fitas, porém, é indicado a ser realizado por pessoal especializado, para que seja feito da forma correta e sem danos. É necessário, ainda, uma fonte para sua instalação, a qual fará a conversão da voltagem da fita para a voltagem da instalação elétrica. 

São encontradas em três tonalidades: branca quente (de cor mais amarelada), branca fria e as chamadas RGB, que oferecem cores variadas (branca, vermelha, verde e azul), as quais são alteradas através de um controle remoto.

Mas você pensa que apenas na decoração se encerram os usos das fitas de LED? Pois saiba que, a cada dia, novas fitas de maior potência são lançadas e, atualmente, já existem diversas fitas no mercado com potência suficiente para iluminar efetivamente um ambiente. Conversaremos sobre isso em nosso próximo artigo. 



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3633-1230
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA