Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Esther M. Vieira - Storm Lake/Estados Unidos

teca0607hotmail.com

Blog: http://paginadateca.blogspot.com

Twitter : tecabrasileira

Professora por vocação e escolha.

Atualmente professora de espanhol em Storm Lake, estado de Iowa, meio oeste dos Estados Unidos

Ex-presidente e Membro da AATSP – American Association of Teachers of Spanish and Portuguese, Iowa

Membro de ACTFL - American Council of Teachers of Foreign Languages

Membro do  Minority Council of ISEA / NEA, Iowa - Sindicato dos professores

Membro da Beta Sigma Phi – associação de mulheres com educação universitária

Membro do “Spectacular” - equipe de organizacão de festejos de 4 de julho

Membro de DISIT- District Improvement Team – Conselho de professores e administradores da cidade

Membro da Mesa Diretiva Hispana da Paróquia da igreja “Saint Mary’s”.


Veja mais colunas de Esther M. Vieira - Storm Lake/Estados Unidos

Vestidos de baile

Terça, 05 de junho de 2012

Um convite para um baile significa un convite ao mundo da fantasia. Baile = vestido. Três viagens a cidades diferentes, visitas ao provador de lojas de roupas de festas são intermináveis. Até que enfim, o longo diáfono roxo cai no corpo e não preciso de espelho para me ver com o cabelo, a maquiagem e meus cílios largos e curvos, os sapatos pretos altíssimos - uma miragem feita realidade. Estou segura que todos ao  meu redor na loja, como também minha filha, me veem da mesma maneira.

 

Clique para ampliar
 

Há muitos anos quando buscava soluções para meu negócio, um palestrante falava sobre propaganda - o consumidor não busca um produto, o consumidor compra um sonho, um ideal. E um vestido de baile se encaixa perfeito nesta descrição.

Os homens da minha vida - meu marido, meu filho, meus netos - não entendem esta fascinação. E eu não entendo porque eles não sentem a mesma fascinação. Até que fui com meu irmão a uma loja especializada em pesca. Sao dois pisos arquitetados como um passeio num bosque, com riachos e peixes, animais empalhados, morros, pedras, muita madeira e árvores por todo lado. Está bem, concordo, tem seu encanto! Mas o encantado foi meu irmão. Aí vi seus  olhos brilharem, os pés ficarem ligeiros entre as fileiras de iscas, molinetes, varas de pescar e um montão de outro detalhes que não entendo em absoluto. E a dica do palestrante se fez verdade outra vez.

Ano passado, Amanda, minha aluna, começou a procurar o vestido para seu PROM (quase, quase um baile de formatura sem família, nem convidados, só os amigos da escola e seus acompanhantes). A roda-viva de viagens a outras cidades com mais lojas de roupas de festas, horas em provadores com as amigas, com a mãe as vezes. Nenhum se encaixava no que se via em sua mente e no seu coração. Enfim, depois de horas em sítios da internet, e os olhos se fixaram no vestido colorido, bordado com muitas pedras. Lindo!!!!!!! A mãe tentou trazê-la a realidade quando viu o preço sabendo por experiência a reação do pai por tal absurdo de desperdício por um vestido que iria usar só uma vez!!! Nada, mas nada mesmo fez Amanda mudar de ideia, nem as três outras viagens a Sioux  City e outras tantas  lojas chic ( com preços bem mais decentes ).

De alguma forma as duas conseguiram convencer o pai e o vestido foi encomendado. O baile chegou. Amanda praticamente não comeu, beliscou, pois o vestido pedia sacrifícios. Os sapatos de $200 desapareceram debaixo da mesa quando a música começou. No dia seguinte a mãe descobriu como a filha entrou em casa sem despertá-los para abrir a porta. A mãe fez o caminho inverso das pedras e brilhos no chão até chegar a portinhola construída para o cachorro entrar e sair da casa. Ela não precisou ver o vestido para saber o estrago que havia recebido. Mas afinal, Amanda luziu com seu vestido sonhado.

Creio firmemente que estamos velhas quando não nos permitimos um sonho efêmero como um vestido computando  o uso com o preço. Afinal, o preço de uma isca é mínimo comparado com o tamanho do peixe no final do anzol e na foto na geladeira.



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA